Meu filhote come as próprias fezes, o que faço?

14 out

Olá, bom dia!
Comprei uma york linda, e ela chegou a 15 dias mas tem uma coisa que está me incomodando, ela faz e fica querendo brincar ou comer os cocozinhos, isso é normal?
Quanto a procedencia dela não tenho dúvidas pois é de um canil idôneo registrado no kenel, teve contrato e pedigre tudo certinho, visitei o canil e tudo mais.
gostaria de estar descobrindo o porque disso, vc poderia me ajudar? agradeço a atenção
um abraço
Eliani

 

Olá Eliani, tudo bem?

Este comportamento de ingerir fezes é chamado de coprofagia e é mais comum do que se pensa. Para os cães, ingerir fezes não é algo tão nojento quanto é para o ser humano. Em matilhas de lobos cinzentos, os lobos de escala hierárquica inferior ingerem as fezes dos lobos mais dominantes, pois como estes comem primeiro, suas fezes possuem mais proteínas não digeridas, contribuindo para a nutrição dos outros. Cães costumam apreciar também as fezes de gato, pelo mesmo motivo.

Quando uma fêmea tem filhotes, nos primeiros dias ela come as fezes deles e também estimula a excreção da urina através da língua, lambendo os filhotes, que nesta fase só fazem suas necessidades se estimulados. Algumas fêmeas continuam oferecendo este comportamento mesmo após os filhotinhos estarem fazendo tudo sozinhos, longe do ninho. Como para eles este comportamento é natural, vendo a mamãe comer, eles aprendem que é assim que se faz. Lembre-se que os filhotes costuma aprender muito por imitação nesta fase.

Quando o filhote que aprendeu este comportamento vai para sua nova casa, ele pode continuar com o hábito. Alguns aprendem a manipular as fezes como forma de entretenimento, muitas vezes eles só carregam para a caminha e ficam brincando, mas não comem.

Para resolver este problema, vou te dar algumas dicas:

1- Coloque horários de alimentação bem certinhos, exemplo: O cão filhote deve comer cerca de quatro vezes ao dia, e você oferece a comida as 7h, 12h, 16h e 21h. Logo após este horário você coloca-o no local que deseja que ele faça suas necessidades e fique junto. Os cães costumam fazer suas necessidades em média de 10 a 30 minutos depois das refeições. Assim que ele fizer no lugar certo, recompense com um pedaço de petisco e retire o cocô. Nós da Tudo de Cão não vemos relação entre o cão que vê suas fezes serem retiradas e a coprofagia, portanto, pode recolher na frente dele. Com o tempo o relógio biológico do cão começará a se ajustar e ele fará o cocô em horários cada vez mais previsíveis.
2- Nunca brigue, bata ou grite com o cão quando ele estiver comendo ou manipulando as fezes, além de não ajudar, ele pode começar a fazer isso escondido de você, e ficará cada vez mais difícil modificar o comportamento.
3- Faça Enriquecimento Ambiental para seu cãozinho, todos os dias em que ele ficar sozinho, assim ele se distrai com os brinquedos e pode esquecer rapidamente desse hábito. Este artigo pode te ajudar: http://tudodecao.com.br/artigos/1149-enriquecimento-ambiental-parte-ii.html
4- Passeie diariamente com seu cão, ele pode adquirir o hábito de fazer suas necessidades somente fora de casa (não esqueça de recolhê-las sempre). Para isso, recompense todas as vezes que ele fizer, e leve-o de três em três horas no início.
5- Uma outra opção é mudar a alimentação do cãozinho para a Alimentação Natural. A incidência de coprofagia é bem menor. Saiba mais aqui: www.cachorroverde.com.br

__________________________________________________________________________________________________________________________________________

Sara Favinha é Zootecnista e especialista em comportamento animal, integra a equipe da Tudo de Cão, e às quinta-feiras irá responder dúvidas dos leitores. Deixe sua pergunta nos comentários ou envie um e-mail para pequenograndecao@hotmail.com

About these ads

21 Respostas to “Meu filhote come as próprias fezes, o que faço?”

  1. Ana Corina 14/10/2010 at 11:12 am #

    Oi, gente!

    Tive este problema com o Sushi e foi bem fácil resolver, bastou eu parar de elogiar TANTO quando ele acertava o jornal, hehe.

    É que naquela fase de educá-lo para usar corretamente o banheiro eu elogiava demais e ele acabou encarando as próprias fezes com um brinquedo legal e sempre que aparecia uma visita no horário de alimentação dele, lá vinha o Sushi amado com um cocô na boca. Já com o Shoyo, também yorkshire, nunca tive esse problema e acho meio triste a pessoa dizer “Quanto a procedencia dela não tenho dúvidas pois é de um canil idôneo registrado no kenel, teve contrato e pedigre tudo certinho, visitei o canil e tudo mais” porque demonstra um profundo desconhecimento sobre cães. Cães comem fezes por N motivos, mas nunca por terem ou não raça pura, pô!

    Ah, Sara, dou duas sugestões além dessas tuas quando alguém me pergunta sobre coprofagia: adicionar mostarda em grãos ou Estibion Plus Neem na alimentação porque ambos deixam as fezes com sabor desagradável para os cães, MAS o Estibion Neem só recomendo para cães adultos, porque pode retardar o crescimento quando usado em excesso, já a mostarda em grãos não tem contra-indicações.

    Beijo grande e o blog está ÓÓÓÓTEMO!

    • Bianca 14/10/2010 at 12:08 pm #

      Ana , desculpa mas eu ri muito com essa historia do sushi achar que cocô é uma coisa óótema hahah
      Nunca tinha pensado que elogiar demais tb pode prejudicar o aprendizado!!!
      melzinha tb veio bebezinho com esse hábito … demorou, mas acabou parando, me lembro de ter dado algo que deixava as fezes com gosto ruim, mas nao lembro o que era…foi receitado pelo veterinario. Eu acho que como a Sara falou, esse é um problema muito comum, e como vc disse, nada tem a ver com raça ou procedência.

    • Sara Favinha 17/10/2010 at 10:50 am #

      Olá Ana, eu nunca experimentei essas duas sugestões que você deu, pode ser que eu o faça para testar. Se tiver resultados eu aviso. Obrigada! :)

    • julia 05/03/2012 at 8:27 pm #

      nao sei oque fazer minha cachorrinha raça york come suas proprias fezes …. estou em tempo de me escabelar todinha ela tá com 52 dias hoje… naum aquento mais…. me ajuda alguem aii gente por favor oque eu foçoo….
      bejus…

  2. Luana 14/10/2010 at 6:07 pm #

    Eu nunca tive esse problema com com o Frederico, meu York. Mas conversando com um veterinário ele citou que esse comportamento pode ter a ver com questões comportamentais. Passeio com o Frederico no mínimo três vezes ao dia, creio que esses passeios contribuam para que ele tenha comportamentos ditos adequados!

    bjos,
    Luana

    belasperolas.blogspot.com
    @belasperolas

  3. Chris Figueiredo 14/10/2010 at 10:56 pm #

    Há 2 anos atrás eu tive que trocar a ração dos meus pequetitos … Eu dava a Eukanuba e troquei pela Royal Canin. Foi um desastre!!! A turminha TODA começou a comer cocô e eu fiquei desesperada!
    Entrei em contato com o veterinário da empresa e ele me disse que o processo era assim mesmo … e com certeza após a primeira semana os cães deixariam de ingerir as fezes. Que nada!!! Eles continuaram com esse hábito horrível e eu tive que trocar novamente de ração!
    Royal Canin NUNCA MAIS! ECA!!!

    • Leonardo 12/12/2010 at 11:19 am #

      Qual a ração que vc dá agora??? seu caso é igual ao meu!!

  4. Ana Corina 15/10/2010 at 11:26 am #

    Bi, meu Sushito era um figura. Além de absurdamente lindo, era tão feliz, amava tanto a vida, ia com todo mundo, sabe? Nunca imaginei que ele fosse partir antes do Shoyo, que só quer saber de mim…
    O Sushi era empolgado, sabe? Brincava o tempo todo, agitava, era a alegria da casa… Essa fase do ‘cocô-brinquedo’ passou bem rápido assim que me liguei que ele tinha associado as fezes a ganhar elogios e recompensas.

    Deu uma saudade dele falar nisso tudo… É por isso que ainda não escrevi sobre ele e o Shoyo pra vc ainda… Dói demais…

    Beijoca.

    • Ana Corina 29/10/2010 at 10:15 pm #

      Oi Sara, só vi tua resposta agora, desculpa! Usa e conta sim, de repente eu faço um post lá no Mãe de Cachorro relatando tuas experiências. Vc me escreve no anacorina@maedecachorro.com.br, por favor? Obrigada e beijo!

  5. Cassia 30/10/2010 at 8:32 pm #

    Oi, Bianca! Muito bom este post! Olha, a Winie é Shih Tzu e cães desta raça (não se sabe muito bem o motivo), tem tendência a coprofagia. Dito e feito: quando chegou em casa com 70 dias, tinha mania de comer o cocô. E, num ponto, discordo da sugestão da Sara, por experiência própria: no início, logo que ela fazia, eu corria para recolher, para evitar a coprofagia. Agindo assim, percebi que a incidência do comportamento aumentou e acredito que, justamente, por que a Winie me via “brincando” com o cocô dela e acabava me “imitando”. Então, passei a fazer o seguinte: quando ela ia ao jornal para se aliviar, eu recompensava por fazer no lugar certo e, discretamente, borrifava spray amargo no cocô (aqueles próprios para treinamento de cães). Em seguida, eu saía do ambiente e deixava o cocô lá. Cheguei a observar de longealgumas vezes e a vi que ela cheirava o cocô e saía de fininho… Depois de algumas vezes, ela simplesmente parou de apresentar este comportamento! Beijos!

    • Bianca 31/10/2010 at 9:34 am #

      obrigada pela dica cássia… depois passa o link do spray pro pessoal! beijoss

  6. Cassia 31/10/2010 at 4:32 pm #

    Oi, Bianca! Segue o link: http://www.mundoanimal.vet.br/novo/produtos/goodpet/produtos_repelmord200ml.htm. Bjs!

  7. Jozi Goes 01/12/2010 at 5:25 pm #

    Oi,adorei o texto. Infelizmente minha lhasa de 6 meses apresenta este comportamento desde os 75 dias de vida. Já tentei de tudo, sem resultado…
    Queria perguntar para a Ana Corina, qual a quantidade diária de mostarda em grãos que se pode dar (ela pesa 6,7 kg) Beijos

    Obrigada

    Jozi

  8. Ana Corina 02/12/2010 at 9:20 am #

    Oi Jozi,

    Não tem uma quantidade específica, mas como ela é filhote e de porte pequeno, o ideal é sempre pegar leve. Os grãos de mostarda na verdade provavelmente sairão inteirinhos como entraram, hehe, mas já é pra ser o suficiente pra ela deixar gosto nas fezes, então eu polvilharia cerca de uma colher de café (a menorzinha de todas) em cada refeição e veria o resultado. Se ela continuar comendo, aumente um pouco a quantidade.

    O Estibion Plus Neem também é uma alternativa, mas pode afetar o crescimento, então como ela é filhote eu esperaria até uns 10 meses pra usá-lo (mas vou torcer pra mostarda resolver).

    Você já tentou alimentação natural? http://www.cachorroverde.com.br Cães alimentados com ela geralmente não comem fezes até porque recebem realmente todos os nutrientes de que precisam (se a dieta for feita corretamente, lógico).

    Boa sorte!

    • Jozi 08/12/2010 at 12:10 am #

      Ana, obrigada pela resposta!

      Então, menina… estou estudando o cachorro verde já faz quase 3 meses…

      Por incrível que pareça, o que está me deixando meio pensativa (não é o tempo, o trabalho p/ preparar, etc, etc)é o medo que eu tenho delas (uma lhasa e uma teckel) não me deixarem mais preparar e nem comer as MINHAS refeições sossegada.
      Como elas ficam exclusivamente dentro de casa, acho que se elas começarem a comer alimentos que a gente come não vou mais ter paz. Hoje elas ficam numa boa, nem dão bola quando eu faço o almoço. Quando comemos, a Lara gosta de tirar um cochilo em baixo da mesa, nos meus pés.
      Meu marido faz churrasco quase todo fim de semana. Tenho medo delas começarem a pular nele querendo carne!! kkkkk
      Vê se pode esse ser o único empecilho? Mas acho que devo pesar bem todos os lados, porque uma vez começada, não quero voltar atrás. Você teve algum problema semelhante?

      Obrigada pela torcida. Se eu tiver exito, posto aqui.
      Um beijo.

  9. Amanda 14/03/2011 at 11:05 am #

    Também venho lidando com esse problema, que considero muito sério. Tenho uma shih tzu de 7 meses que,infelizmente, come as fezes. Comprei quando estava com 48 dias e depois de umas duas semanas,começou. Já tentei várias coisas (coprovet, semente de mamão, cozido, organact pet em pó, limpar sem ela ver, ignorar, bronca, chorar, descabelar, etc etc etc…) e nada.Não sei mais o que fazer. A situação é muito complicada, tenho criança em casa e não dá pra ficar vigiando a cachorra o dia inteiro e também quando chega visita, ela faz a maior festa, quer brincar, as pessoas acham ela linda e engraçadinha, querem pegar, passar a mão..e aí…
    Por favor, se alguém conseguir algum sucesso, não esqueça de comentar. Nos ajude!!!

    Abs!!

    • Karina 04/05/2012 at 5:17 pm #

      Amanda, tenho um casal de Shih Tzu, o Whisky com dois anos e a Tequila com um ano e meio. Whisky chegou pra mim com 45 dias e percebi logo que comia seu coco. Tequila chegou com 60 dias, não comia coco, mas depois de um tempo vendo o Whisky comer (inclusive o coco dela) também começou. Já tentei todas as alternativas que vc mencionou e mais: abacaxi, trocar a marca da ração, dar uma bronca severa (com tapinhas pelos quais minha consciência quase acabou comigo depois), colocar no coco pet away, butter max, pimenta e francamente, nada resolveu.
      Percebi uma grande melhora quando ambos passaram a fazer todas as suas necessidades fora de casa, para isso, eu que moro em apartamento, desço com eles pelo menos três vezes por dia. Uma voltinha mais demorada e outras duas mais rápidas são suficientes para que não tenham vontade de fazer nada dentro de casa.
      Quando acontece, entretanto, de fazerem coco em seu banheirinho no apartamento, ora sim ora não, a coprofagia aparece, não descobri o real motivo e, como parece um mistério insondável para mim, decidi passar a fase do descabelar e sofrer com isso…
      Hoje encaro com maior naturalidade esse problema de comportamento (já que não consegui resolver). Toda vez que acontece, tenho em mãos meu kit boca limpa: água, escova, creme dental e um spray de chiclete que eles ODEIAM, mas que elimina o cheiro e qualquer vestígio de coco ou do seu cheiro… Claro, quando chega visita a boca tem que estar em ordem. Mesmo assim, se eles tiverem degustado a caca no dia eu acabo, por bem, avisando os visitantes do que ocorreu no dia, daí, cada um faz sua própria escolha, tem muita gente que não liga a mínima pra isso.
      Acho ótimo saber que não estou sozinha nisso tudo, mas se alguém souber de algo infalível, tenho a maior disposição para aprender… :-)
      Bjs, Karina

  10. Bárbara 02/02/2012 at 1:21 pm #

    Oi, tenho uma cachorrinha maltês, Lisa, hiper fofa, um docinho, mas de uns tempos para cá, ela vem ingerindo as fezes. com a tentativa de faze-la parar, perguntamos ao veterinario dela o que fazer, e ele receitou um comprimido, que damos a ela todo dia, mas n adianta muito, poruqe ela sempre come pelo mesnos a metade do cocô, sem sucesso nessa tentativa, decidimos partir para proxima, então minha mae ligou para a moça que nos vendeu a pequenina, e ela disse para trocar a ração atual (Royal canin) por uma chamada Hills, o que a gente faz, troca a ração, usa spray proprio, dobra a dose de comprimidos…? Qual melhor opção?
    Obrigada!

    • Bianca 04/02/2012 at 11:36 am #

      Oi Bárbara!
      Além das dicas que estão no post, eu recomendo que vc leia este artigo: http://www.bitcao.com.br/artigos/cachorro-que-come-fezes-coprofagia.php
      E este outro ótimo, do Alexandre Rossi ( Dr Pet) http://www.caocidadao.com.br/artigos_caes.php?id=331

      Já ouvi falar de vários cães que comem Royal Canin e ingerem as próprias fezes. De repente trocar a ração pode ser uma opção, aqui em casa as cachorras comem Hills.
      Sobre dobrar a dose dos comprimidos eu acho que vc deveria falar antes com o seu veterinario, para ver se não terá nenhum problema !
      boa sorte!

      • elba 07/03/2012 at 4:26 pm #

        gente o meu problema e meu gatinho filhote que esta comendo as proprias fezes .

  11. tailise martins 02/05/2012 at 11:23 am #

    bom dia como faço para terminar com as pulgas da minha filhotinha de york,como faço ela durmir na sua cama,pois agora com o frio aki no rs ela tem durmido comigo na cama do lado do meu pescoço e coloda comigo,mas e muito bom,so q o marido ja disse q quer no verao como eu vou tirar ela da cama.

Os comentários estão desativados.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 735 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: