Yorkshire miniatura – o que você precisa saber

10 nov

Dia desses levei a Mel a um evento com cães. Como ela é bem pequenina – pesa 1,6 kg- existe uma reação das pessoas – inclusive crianças-  que tem me chamado a atenção: todos me perguntam se a Mel é uma ” yorkshire mini” . Eu respondo que ela é uma yorkshire , e que não existe esta classificação  “mini” ou “micro”. As pessoas ficam meio confusas.

-Mas se ela é tão menor do que outros yorkies, como que não existe yorkie mini?

Yorkshire miniatura não é uma raça separada, apesar de ser vendida por alguns criadores como uma especificação de tamanho.  Yorkie “mini” ou “micro” não são reconhecidos em nenhum Kennel do mundo. Alguns criadores utilizam este termo para designar yorkies com peso inferior a 2kg – alguns com até menos de 1kg quando adultos!

- E de onde vêm esses cães tão pequenos?

O yorkie muito pequeno se origina da criação do Yorkshire Terrier dentro do padrão. Mesmo acasalando cães no tamanho e peso ideal, pode acontecer um ou mais filhotes nascerem abaixo do peso recomendado. Esses pequenos cãezinhos ficaram populares. Um criador ético e responsável irá manter esses cães menores exclusivamente como cães de companhia, castrando-os, evitando que se reproduzam. A maioria dos bons criadores não irá utilizar para reprodução uma yorkie fêmea com menos de 2,2 kg; pois há maiores chances de complicações na gestação, além da grande possibilidade de nascerem filhotes muito pequenos e com problemas de saúde.

Porém , muitos “criadores” viram um potencial de mercado para os filhotes muito pequenos, e passaram a reproduzí-los , acasalando propositadamente cães  muito pequenos, abaixo de 2kg. Ou seja: passaram a produzir, pois tinha muita gente comprando.

O resultado disso é que várias doenças hereditárias ou genéticas  que não são comuns no padrão normal da raça  tornaram-se frequentes no yorkshire  muito pequeno, como  problema de funcionamento dos rins; má formação dentária ou  perda antecipada dos dentes e problemas digestivos severos que  resultam em vômitos e diarréias crônicas. Esses yorkies também têm maiores chances de ter problemas digerindo a comida, o que pode virar doenças como diabetes e hipoglicemia. Além disso,  problemas no desenvolvimento ósseo podem surgir conforme o yorkie cresce.

Versões menores do já pequeno Yorkshire Terrier são sujeitas a vários tipos de ferimento. Um yorkie pequeno demais não suporta um pulo meio alto, uma queda,pode ser pisoteado ou machucado em uma brincadeira.  Treinar um yorkie muito pequeno a fazer as necessidades no local correto pode ser um eterno exercício, uma vez que mesmo quando adultos, podem ter dificuldade de controlar os movimentos intestinais e da bexiga.

A denominação “mini” convenientemente surge como uma jogada de marketing para elevar o preço dos yorkies menores, abaixo do peso e fora do padrão.

O Yorkshire Terrier Club Of America, assim como a maioria dos Kennels não irá registrar um yorkie “mini” , devido às condições de saúde e fatores genéticos que contribuem para o desenvolvimento da raça. Além disso, o YTCA opõe-se fortemente à utilização do termo ” mini” , “micro” e “qualquer outro termo que refira-se a “muito pequeno”.

Nem todos os yorkies pequenos estão sujeitos a todos estes males, mas é importante que seus futuros guardiões tenham isso em mente antes de optarem por cuidar de um. Os custos com veterinário serão muito maiores e esses cães têm muito mais chances de desenvolverem problemas de saúde e provavelmente  terão uma vida mais curta.

 Sempre veja, toque e conheça os pais do seu filhote antes de levá-lo para casa. Desconfie de criadores que cruzam cães muito pequenos ou que não deixe que vejam os pais.

Tome como fator principal para a escolha do seu yorkie a SAÚDE e não o tamanho.

Referências:

My Yorkie Secrets

Walkyonline

YTCA

About these ads

24 Respostas to “Yorkshire miniatura – o que você precisa saber”

  1. Juliana Octavini 10/11/2010 at 10:08 am #

    Adorei as informações!!!
    Também tenho uma yorkie! Ela pesa entre 1,6Kg e 1,8Kg… também é bem pequena e sempre que saio com ela na rua, todos têm a mesma reação que você citou: primeiro perguntam se é filhote e, quando eu digo que ela já tem 2 anos, aí então as pessoas me perguntam se ela é “mini”!
    Beijos!!!

    • Bianca 10/11/2010 at 11:28 am #

      Oi Juliana!
      é legal a gente estar informada, mesmo pq as pessoas perguntam e é bom esclarecer desde o princípio, nao gosto que chamem minha Mel de mini! rs
      beijo!

      • Fernanda 20/11/2010 at 11:56 pm #

        Olá, quero uma york tb…..bonita e saudável. Sou de Campinas…..de onde vcs são? Alguém sabe de algum lugar aqui perto que tem alguma fêmea?
        Li a respeito dos preços e da saúde e qualidade do animal e estou muito perdida. Alguns vendem por 1300, 1500 e até 1800 uma fêmea.

        Estou bem perdida….Help!

        Bjos,
        Fernanda

      • Bianca 26/11/2010 at 9:59 am #

        Oi Fernanda tudo bem?
        Não julgue apenas o preço como referência para escolher seu yorkie ! Seguem alguns textos que podem te auxiliar nessa escolha, inclusive como reconhecer um bom criador:
        Yorkshire miniatura- o que você precisa saber
        Dicas ao adquirir um yorkie
        Qualquer duvida escreve pra gente! Beijo!

  2. Luiza 10/11/2010 at 10:50 am #

    Ótimo post! Tenho uma amiga que queria criar York, foi justamente atrás de um micro ¬¬
    Felizmente ela entrou pro curso de vet, amadureceu as idéias e resolveu que não valia o risco cruzar a cã dela.

    • Bianca 10/11/2010 at 11:26 am #

      Oi Luiza!
      e viva a informação né? rs
      beijo!

  3. Gigi e Lola 10/11/2010 at 2:40 pm #

    Oi, todo mundo pensa que eu sou filhote também, tenho 1,9Kg e sempre vem alguém perguntar se eu sou micro…hihihi

    Adoro esse cãotinho…
    Tenha um lindo e abençoado dia…

    Lambeijokas

    Lola

  4. Chris Figueiredo 10/11/2010 at 7:46 pm #

    Bianca,
    Muito bom você abordar esse tema mais uma vez! As pessoas precisam ficar atentas e não cair nas “trambicagens” dos “cachorreiros”!
    Agora, uma coisa é certa … as vezes um York de 1,5Kg não é necessariamente um cão pequeno … Ele pode ser apenas magrinho (raquítico)! Tenho cadelas de 2Kg que são maiores que outras de 2,5Kg ….
    E quanto ao tamanho dos filhotes, muitas vezes pais e mães pequenos darão filhotes grandes e vice-versa!
    Essa raça ainda é um grande desafio para nós criadores!
    Bjo

    • Nathalia 02/12/2010 at 7:45 pm #

      Oi! Achei interessante esse blog sobre Yorks, tenho um machinho – Gugui – que é prova viva das doenças genéticas que yorks muito pequenos herdam. Ele tem artrose, coração grande, traquéia fina, asma, uma perninha maior que a outra (devido ao problema de desenvolvimento que inclusive tu menciona no post) e é super pequenininho. Parou de crescer lá pelos quatro meses. Tem 24cm da cernelha e 1,8kg. Mas não posso concordar quanto a serem cães frágeis:

      Uma vez estávamos passeando com ele com aquelas guias retráteis à noite pelo centro de Capão da Canoa quando um guri passou correndo e a guia enroscou nele. O Gugui deu umas cinco ou seis voltas nas pernas do indivíduo e ficou bem mesmo com o impacto e puxão.
      Outra vez eu dei – sem querer – com a porta no meio dele quando fui fechar e ele passou correndo, sem causar nenhum dano.
      Alguns anos depois ele caiu do terceiro andar (um dos meus cachorros roeu a redezinha da sacada), ficou paralítico um ou dois meses, sem controlar xixi ou cocô, usando fraldinha, o veterinário disse que tinha que fazer fisioterapia todos os dias na pia, mas que as chances dele voltar a andar eram nulas.
      Hoje, ele tem 12 anos, tem muitas dores devido a artrose, manca, sente falta de ar e ficou com o rabinho paralítico mas continua andando normalmente, brincando e até tem se dado bem com a nossa cadela mais nova (SRD, 2 anos).
      Sem contar as infecções respiratórias que ele já teve.

      É uma raça sensível a problemas graves, mas o meu pelo menos é bem resistente. Não muito saudável, mas é um cãozinho forte.

      • Bianca 02/12/2010 at 9:58 pm #

        Oi Nathalia ! Obrigada por compartilhar sua história aqui com a gente !
        Na verdade, quando alertamos para o fato de yorkies serem mais frágeis, estamos afirmando com base em seu tamanho comparado com outros cães. É muito importante que uma pessoa que pretende cuidar de um yorkie saiba que ele irá necessitar cuidados específicos, inclusive por causa de seu tamanho. É nosso papel informar, sem nos basear em exceções, pois uma pessoa pode acreditar que terá um yorkie “forte” mesmo ele não sendo, e pode acabar descobrindo isso tarde demais- através de fraturas ou pior. Nesses casos, é melhor prevenir, sempre! Beijos!

    • DENISE 09/01/2012 at 10:32 am #

      BOM DIA,TENHO UMA CADELA QUE PESA 1.5 E 22 CM DE ALTURA,JA TEVE GRAVIDES PSICOLOGICA O VETERINARIO ACONSELHOU ACASALAR ELA,TE PERGUNTO UMA YORK NESSE PESO PODE SER ACASALADA,DES DE JA FICO GRATA.

      • Bianca 09/01/2012 at 11:27 am #

        Denise a melhor solução para a gravidez psicologica é a castração ! Seu veterinário não falou sobre essa possibilidade? Eu jamais acasalaria um yorkinho tão pequeno… deixe sua bebe apenas para amar a ser amada, como um bichinho de companhia que ela é !

        beijos !

  5. Cesar 12/12/2010 at 12:45 pm #

    Descordo de vc!!o padrao do york só fala do peso maximo que é de 3,100kg por tanto qualquer york abaixo desse peso está sim dentro do padrao da raça.
    Quanto a serem mais sensiveis tbm descordo,nao vejo problema nenhum dos citados por vc..acho que sao mais espertos sapecas,,oque pode ser problema é acazalamentos mal feitos,entre irmaos e pais e filhos..abçs

    • Bianca 12/12/2010 at 2:41 pm #

      Oi Cesar !
      O peso do yorkie é apenas um dos critérios do padrão da raça, e estar abaixo de 3,100 kg apenas não é indicador suficiente para afirmar que o cão é um yorkie dentro do padrão !
      Já os problemas citados foram baseados em pesquisas e experiencia de diversos criadores responsáveis. Lógico que pode haver yorkies de 1,2 kg saudáveis ( nunca vi) , mas não é regra, é exceção. Basta perguntar para um veterinário sobre a saúde dos cães excessivamente pequenos que ele atende em seu dia a dia. Ah, e Inteligência e tendencia a ser brincalhão não está , em hipótese alguma relacionada a tamanho; e sim à linhagem, raça, temperamento e ambiente.

  6. Fernanda Regina 16/03/2011 at 7:02 pm #

    Boa tarde

    Preciso de uma grande ajuda.
    Tem a mãe york micro e o pai menor, q deram 07 filhotes, entre eles tem uma femea q é maior q todos. É possivel um filhote ficar maior q a mãe? Mesmo o pai sendo um pouco menor q a mãe?
    Ficarei muito grata ao me responder

    • Bianca 16/03/2011 at 8:26 pm #

      Oi Fernanda, é possível sim. Tire todas as suas dúvidas com o criador antes de escolher um filhote ok! Beijos

  7. Amanda Elizabette 13/01/2012 at 10:25 am #

    oi bom dia estou a procura de um york ja visitei varios lugares e só achei um que se encaixasse no padrão e higiene de criação de cães, não sabia sobre isso de minis e/ou micros tirou um peso das minhas costas porque recebi a proposta de compra de um york mini e sem saber fui as pesquisas acabei encontrando este blog que adorei!!! matou todas as minhas duvidas obrigada beijão!!!

    • Bianca 13/01/2012 at 6:21 pm #

      Oi Amanda! que legal que vc encontrou o blog então!
      Se tiver mais duvidas me procure ok !
      beijos e boa sorte!

  8. Shirley 08/02/2012 at 2:04 pm #

    Legal encontrar este blog. Tenho um yorkshire de 6 meses ele pesa 2,300k e tem 22cm de altura, que foi vendido como micro, inclusive no contrata de compra e venda consta micro, enfim já fui alertada que ele não é micro, e sim mini, mas para mim tanto faz, ele traz muitas alegrias, e problemas de saúde até o momento foi de pele (fungos que estou tratando com a veterinária).
    Minha pergunta é: comprei no final de novembro de 2011, e a criadoura garantiu o pedigree, mas ate hoje 08/02/2012 não me entregou. A criadoura me ligou falando em um protocolo para acompanhar a chegada do pedigree, porém quando fui pega-lo ela informou que veio errado e tal.
    Gostaria de saber como proceder neste caso, para pegar o pedrigree pois não pretendo devolver o boby, pois acho que seria muito cruel para ele sair de uma família que ele já esta acostumado.

    • Bianca 08/02/2012 at 2:17 pm #

      Oi Shirley tudo bem?
      Olha, pelo que você falou parece que essa “criadora” está te enrolando … Você recebeu algum contrato de compra ou alguma garantia por escrito de que receberia o pedigree?

      Nunca passei por situação semelhante pois não pedi pedigree da Mel . Eu procuraria uma advogado para me orientar nessa situação, e sim, jamais devolveria o filhote pois com certeza já estaria apegada a ele…

      Por isso que é tão importante a gente escolher bem de quem vamos comprar/adotar nossos filhotes, pois depois que eles entram em nossas casas fica difícil nos desfazermos deles, seria até cruel né?

      De qualquer forma, se você se sente lesada, acho que o melhor a fazer seria mesmo buscar um advogado..
      boa sorte!

  9. Ana Paula Ragazzo 12/02/2012 at 5:43 pm #

    comprei uma york com 45 dias e ela pesa 400g .Que peso ela chegara quando adulta a criadora falou 1.700 a 2.0k sera que posso confiar?
    E com relação a pelagem como faso para saber se é boa!
    Aguardo anciosamente uma resposta!
    Beijos Ana Paula

    • Bianca 13/02/2012 at 11:39 am #

      Oi Ana tudo bem?
      Você consegue ter uma idéia do tamanho que seu yorkie ficará e da pelagem conhecendo os pais dele, você os conheceu?

  10. Ana Paula Ragazzo 13/02/2012 at 5:58 pm #

    Mais ou menos, o dia que comprei o filhote, o criador mostrou um pai, e a mãe não quis mostrar inventou uma desculpa.
    no outro dia retornei para resolver uma intercorrencia que aconteceu com o filhote, e ele me mostrou outro macho dizendo que aquele seria o pai, não falei nado porque fiquei sem graçra e tambèm ja havia pago pelo filhote e não iria adiantar.
    Fiquei preocupada porque mentiu!
    Sonhei muito com este york e nào queria me decepsionar.
    Vou enviar uma foto dela com 45 dias, depois voçê me diz o que acha !
    beijos Ana

  11. Rosangela Saraiva 21/05/2012 at 10:35 am #

    Tenho 3 york nenhum com documento..a primeira não me preocupei em pedir achei que não seria nessessario… depois me apaixonei pela raça e a cada cria fica um em casa kkk tenho e mae filha e um filho todos muito lindo e são minha paixãos..meu face pra quem quizer ver Rosangela Saraiva.

Os comentários estão desativados.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 761 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: