Oi gente!

17 jun

Nossa faz tempo que eu não apareço por aqui hein?

Minha vida anda muito corrida  e por enquanto não tenho conseguido atualizar o blog. Parece que não, mas cada post escrito envolve algum tipo de pesquisa, dá trabalho, tem que ter uma preocupação se não não fica legal né?

E nesse momento eu preciso focar em outras coisas.

A Melzinha está ótima, cada dia mais linda. Ela ganhou um pouco de peso depois da castração. Mas ela sempre foi magra e esbelta rsrs então o peso não fez diferença para ela. Mas estou de olho…

A partir de hoje também estou excluindo o recurso dos comentários. É que hoje que eu consegui voltar tinha quase 200 comentários para serem aprovados, e eu aprovei, mas não vou poder responder. E é muito chato deixar escrever se não for responder.  Então ficamos sem comentários por enquanto, mas todos os textos continuam, e espero  que eles possam ajudar bastante .

Também aproveito para deixar meus sentimentos à mamãe e ao papai da Lola, do Cãotinho da Lola, que perderam sua filhota recentemente. Recebi a noticia com muita tristeza, imagino a dor que a ausência dela deve causar. Sou e sempre serei fã da Lola, que onde quer que esteja, está fazendo alguém feliz.

Obrigada pessoal que escreveu e desculpe àqueles últimos comentarios que não pude responder. Não foi falta de vontade, eu espero que vocês consigam a resposta para seus problemas. E por favor nunca deixem de procurar um veterinário !!

Beijos e até logo!

Bianca

Viajando … e deixando o yorkie em casa !

22 fev

Olá,

Moro na Alemanha e vamos passar a Páscoa no Brasil…. e meu coração já começou a ficar em pedaços , pois minha yorkie Vida não irá conosco…são 11h de vôo, clima diferente e tantas outras coisas, será que vale a pena enfrentar tudo isso para ela ir conosco?

Aqui temos instituições com famílias que são pagas para cuidar dos cães quando viajamos, provavelmente faremos isto , e gostaria de saber como proceder quando deixamos nosso bebezinho com alguém quando viajamos. Meu coração já está em pedaços, será que vamos agüentar?!

Simone

____________________________________________________________________

Olá Simone, tudo bem? Se a sua cadelinha tiver menos do que 1 ano, realmente não recomendo que ela viaje com vocês, por conta das 11h de vôo. Caso ela tenha mais do que isso, não vejo problema, porém ela precisa ficar com você ou na cabine com o piloto. Você pode retirar a água e a alimentação um período antes de viajar e oferecer somente no terço final da viagem. Logo antes de embarcar, deixe-a fazer as necessidades e assim que chegar, imediatamente leve-a novamente para se aliviar.

Continuar lendo

Afinal, o que é pedigree?

10 fev

Tenho recebido muitas perguntas a respeito do pedigree dos filhotes, por isso resolvi pesquisar e falar um pouquinho mais:

O que é?

O Pedigree é como uma árvore genealógica que contém uma lista dos ancestrais do animal e serve para assegurar  a pureza da raça do cão/gato.

Pedigree= Qualidade?

A presença do pedigree não indica um animal de boa linhagem, apesar de que a falta do pedigree certamente indica negligencia por parte do criador. Um criador responsável disponibiliza o pedigree do animal com pelo menos três gerações anteriores,dos quais pelo menos um animal deve possuir títulos/participações  em exposições.

Para que serve?

Continuar lendo

Yorkie do dia: Flicka !

9 fev

Por Mayara Perlingeiro

Antes da Flicka entrar na minha vida, eu estava louca pra ter uma nova “filha”, já que há pouco tempo eu havia perdido dois cachorrinhos.

Eu já estava decidida que teria uma yorkie fêmea chamada Flicka que, em sueco, significa “menina bonita”. Eu estava procurando em vário canis (de confiança) mas tinha apenas macho, meu nome estava na espera de todos eles mas eu não me agüentava de ansiedade para ter minha nova filha. Continuar lendo

Ai meu deus !

8 fev

Passei o maior susto ontem !!

Depois da cirurgia recebi um receituário com todos os medicamentos que a Melzinha deve tomar, e fui seguindo direitinho o que estava escrito. Até fiz uma tabelinha para me ajudar , já com os horários e a quantidade de dias  para não me confundir:

Só que houve um probleminha… Como eu tenho outros cães em casa, eu tenho uma caixinha cheia de medicamentos veterinários. E quando fui pegar um antiinflamatorio para dar para a Mel, por engano peguei um outro, de mesmo nome, mesma caixa, mas de dosagem diferente. A dosagem da Mel era 25mg e eu peguei um de 100mg … e dei para ela !!!!

A sorte é que imediatamente eu pressenti que tinha algo estranho e fui conferir  a caixinha do remédio… Liguei na hora para o veterinário que me passou as orientações sobre o que fazer.

Graças a Deus não aconteceu nada e ela continua super bem!

Vim contar essa história para alertar todo mundo que dá remédios para seus filhotes: confiram sempre a dosagem!! Também deixei separado os medicamentos da Melzinha, para não correr mais o risco de misturar com o dos outros cães daqui de casa. Que susto !

Ainda bem que essa pequenina é forte gente !

Dia de recuperação – castração e remoção de tártaro

7 fev

Depois de anos pensando e adiando, ontem foi o dia da cirurgia de castração da Mel. Graças a Deus tudo correu bem, e hoje ela está como na foto acima – descansando ! Aliás, ela saiu em todas as fotos assim porque eu tirei logo que voltamos da clínica ontem, e ela só dorme =)

Consegui agendar a cirurgia porque ela está com quase 4 anos e nunca tinha feito uma limpeza de tártaro e já estava na hora. Aproveitando todo o procedimento da anestesia, resolvi pedir a castração junto.

Antes de agendar a data, fizemos um exame de sangue e um raio-x do torax ( para ver se estava tudo ok com o coração, já que ela teve problemas quando era filhote). Estava tudo bem e marcamos para 06/02.

A clínica que escolhi é muito bem recomendada e disponibiliza  além do médico veterinário que faz a cirurgia, um anestesista que utiliza anestesia inalatória ou  peridural , consideradas mais seguras.

Fiquei com ela na clínica por quase 1h, onde ela foi tranquilizada e eu só fui embora quando ela já estava entrando na sala para ser preparada. Saí com um nó imenso na garganta , rezando para ter feito a escolha certa. Quando voltei para casa, me dei conta de que era a primeira vez em quase 4 anos que eu chegava em casa e ela não estava! Foi uma sensação muito ruim, espero não sentir isso de novo tão cedo… !

No final do dia ela já estava liberada para ir para casa ! Que alívio !🙂

A recuperação dela está sendo ótima, hoje cedo ela já quis sair correndo pela casa e eu tive que segurar, pois ela deve ficar em repouso esta semana !

Os dentinhos estão branquinhos e cheirosos como de filhote…

Ela tem uma listinha de medicamentos para tomar, e tenho que ficar de olho para não esquecer nada.

Essa roupinha que ela está usando é uma roupinha cirúrgica, feita especialmente para cobrir a região dos pontos , assim ela não se lambe nem tenta remover o curativo. É uma alternativa àqueles colares elizabetanos que mais parecem instrumento de tortura..

Agora é esperar ela se recuperar para voltar a ser a espoletinha da casa =)

Quer ler mais sobre castração em fêmeas? Clica aqui!

Bolsas de transporte para cães

31 jan

Yorkies pequeninos que são, tem a vantagem de poderem ser carregados em …bolsas! Existem vários modelos criados especialmente para eles.  Já comprei dessas bolsas duas vezes, e ainda não me acertei muito bem com elas. A primeira que comprei eu errei o tamanho ( a bolsa e o buraco eram muito grandes e fiquei com medo de a Mel pular ). A segunda eu acertei o tamanho, mas ainda tenho medo de ela pular e não me sinto muito segura com ela.

Andei pesquisando alguns modelos e encontrei alguns bem interessantes:

1- Eco Bolsa Prática – é fofa hein? Feita de lona de caminhão reciclada, segundo o fabricante é super resistente , possui quatro bolsos menores e dois maiores ( gostei dessa parte. A minha bolsa não tem divisórias, assim tenho que deixar o cão, a carteira, os documentos e toda a tralha tudo junto! Coitada da Mel! ). Preço: R$ 388,80 (ui!) tem para comprar aqui. 

Continuar lendo