Seção nova no blog: dicas para um yorkie feliz

22 ago
Olá pessoal ! Passei o domingão reformulando a estrutura do blog, e a partir de hoje teremos muitas novidades ! A cada dia teremos uma seção fixa , e começamos com a “Dicas para um Yorkie Feliz’ , onde toda segunda-feira trarei algo a respeito do bem-estar de nossos pequenos! Hoje vou falar sobre um aspecto importante sobre os yorkies, mas que nem todo mundo presta atenção:
YORKIES  COMBINAM COM CRIANÇAS?

Mel: "num gosto de quiança me agarrâdu!"

Toda vez que uma criança vê a Mel, fica encantada. ” Olha que gracinha!” , ” Olha que pequenininha” e muitos outros adjetivos de admiração são disparados. As crianças logo avisam aos pais: “quero um igual” .

Se encantar com um yorkie de lacinho é muito fácil , mas será que yorkies e crianças foram feitos um para o outro?

É muito importante  entender que cães do grupo Toy ( como pinchers, chiuauas e yorkies) são animais muito frágeis e delicados. Você pode machucar seriamente – ou até matar- um yorkie ao pisar ou sentar em cima dele enquanto ele está tirando uma soneca enrolado em um cobertor no chão. Yorkies podem se machucar ou mesmo  morrer pulando dos seus braços ou da parte alta de algum móvel da casa.

 

Será que toda essa fragilidade combina com criança pequena? Elas naturalmente não tem muito jeito ou habilidade para lidar com coisas delicadas. Elas apertam, amassam, agarram, seguram e saem correndo , tropeçam, derrubam, caem em cima . Esse é o comportamento natural de uma criança pequena e por mais bem intencionada que ela seja, ela não conseguirá agir de outra forma. A maioria dos yorkies se sente oprimido pela forma como as crianças lidam com eles , pelos  movimentos bruscos e barulho que fazem. O yorkie passa a viver em um ambiente hostil , se torna estressado e constantemente com medo. O conjunto da cena pode resultar em mordidas . Basicamente, yorkies NÃO devem conviver com crianças pequenas. Pelo bem estar dos dois .

" Num pisa ni mim pufavô!"

Lembrando aqui que yorkies foram criados para caçar ratos e pequenos animais. Instintivamente correm atrás de tudo o que se move – inlcuindo crianças – e possuem o que é chamado de “mordida firme” ; diferente dos poodles e retrivers, por exemplo. A mordida do yorkie existe para segurar a presa e sacudí-la com firmeza. Isto significa que é uma mordida propensa a rasgar a pele , diferente da mordida dos poodles.

Mesmo sem crianças por perto, um yorkie deve estar sob constante supervisão e vigilância. Um cão grande, – de quem ele não terá medo- pode agarrá-lo e quebrar seu pescoço com uma rápida chacoalhada.Por isso yorkies devem passear sempre na guia, pois devido a sua fragilidade, sempre estarão em risco caso você não tenha absoluto controle sobre ele. Yorkies tendem a criar laços com pessoas adultas , mas uma criança mais velha poderá se dar bem com ele, desde que ela seja ensinada a não assustá-lo ou provocá-lo desde cedo.

Escrito por Bianca Pozzi – Com informações daqui, daqui e daqui.

6 Respostas to “Seção nova no blog: dicas para um yorkie feliz”

  1. LOLA 23/08/2010 às 9:20 am #

    Bom Dia, aumei esse cãotinho, mamãe não conhecia…
    Sabe, sou uma york bem pequenina, peso 1,900Kg me dou muito bem com crianças, bebês, me divirto com elas…lógico que a mamãe fica me supervisionando…

    Lambeijokas minhas para aucês

    Lola

  2. Camilli Chamone 23/08/2010 às 9:21 am #

    A verdade é que nenhum cão combina com crianças muito pequenas. Yorks? Menos ainda, né?

  3. Yorkshire e criança pequena, que ainda não tem noção de força, pode ser sim uma combinação desastrosa! O pior é que alguns pais, para satisfazerem a vontade de seus filhos, acabam dando de presente para eles esse “brinquedinho” (os pobres filhotes se tornam bichinhos de pelúcia nas mãos de algumas crianças…).

    Talvez, conscientes de sua fragilidade, os Yorkies costumam se mostrar apreensivos e agressivos frente ao comportamento agitado da garotada! Alguns rosnam e ate mordem por defesa!

    Aqui no Sweet Angels, sempre peço aos pais que tragam suas crianças para observar o comportamento delas com os cães … e se eu percebo que a criança é muito agitada, e que os pais não tem pulso forte com elas, eu me recuso SIM a vender o filhote! Sugiro que os pais esperem mais alguns anos, para que a criança cresça e possa ai então ter um “amiguinho” de estimação, que será tratado com todo o carinho e cuidados que ele merece!

  4. Bianca,

    apenas um detalhe que gostaria de acrescentar ….

    Que foto linda da Mel! A carinha dela rosnando, as “maria chiquinhas” e essa roupinha cor de rosa … ta um charme! Muito bonitinha!
    Bjo

    • Bianca 24/08/2010 às 8:56 am #

      hahaha não fala isso para ela , pois ela estava se sentindo uma fera assassina quando eu tirei a foto ! Ela só não percebeu que estava de maria chiquinha e roupinha rosa !

  5. ainho 29/08/2010 às 7:13 pm #

    a melzinha é tirrívi!!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: