Como cumprimentar um cão

1 nov

A Mel , como uma yorkie de 1,6kg fofa e de lacinho, acaba atraindo todo tipo de atenção e olhares. As pessoas vêm com aquela mãozona para cima dela, sem perceber o quanto ela se encolhe e começa a tremer quando elas se aproximam. Pior ainda com crianças pequenas, que geralmente começam a andar atrás dela, na tentativa de pegá-la, nessas horas eu preciso segurá-la no colo para evitar algum desastre. Por menor que ela seja,ela tem dentinhos que parecem agulhas, e pode morder caso se sinta  ameaçada.

De acordo recente artigo da dra Sophia Yin, veterinária especialista em comportamento animal, existem 2 regras importantíssimas para se cumprimentar um cão, que deviam ser passadas aos filhos junto com aquela “não fale com estranhos”:

– Nunca acaricie um cão sem a permissão do dono

Sempre deixe que o cão faça o primeiro contato.

 
 
 
 

 

Gralmente o que acontece é o contrário: as pessoas se aproximam de uma vez, com movimentos bruscos, falando sem parar. O cão pode se retrair, paralisar (  torcendo para que isso acabe logo) ; ou enviar sinais como latidos e rosnados. Logo ele vai entender que esses sinais afastam as pessoas, e o comportamento irá aumentar e piorar cada vez mais.

“Mas é óbvio que meus gestos são amigáveis” , você pensa.” Como é que o cachorro não entende?” . Como a Dra Sophia sugere, coloque-se no lugar do cão. Imagine que você tem medo de aranhas. De repente, um amigo seu chega com uma aranha pendurada bem na sua cara.

“Olha minha aranha! Calma, não precisa se assustar, está vendo a expressão amigável na face dela? Ela não faz mal!”

Como você vai se sentir?

Agora, imagine que a aranha está distante de você, em cima de uma mesa. Aos poucos você vai tomando coragem e ganhando confiança para se aproximar. De repente, quando você está quase lá, ela dá um pulo na sua direção. Você também vai dar um pulo para trás, e toda confiança terá ido embora.

Muitas pessoas fazem isso com os cães; começam ganhando sua confiança, deixam que ele se aproxime, e de repente fazem um movimento brusco que os assusta. É importante deixar que o cão se acostume com os movimentos aos poucos, evite acariciar sua cabeça ou abraçá-lo pois ele pode se sentir preso . Mova-se devagar e lentamente, dando a ele a chance de se afastar caso ele sinta necessidade disso. Observe a linguagem corporal: se o cão está ansioso ou tenso, irá olhar para várias direções, ou desviar o olhar para longe, a ponta da língua fica saindo e voltando para a boca.Dê a ele espaço . Se as pupilas estão muito dilatadas ou muito pequenas, ele está rígido e completamente sem emoção , o cão está prestes a morder. Sempre dê ao cão espaço e tempo para se acostumar a você.

Escrito por O pequeno Grande Cão – com informações e fotos daqui.

7 Respostas to “Como cumprimentar um cão”

  1. Camilli Chamone 01/11/2010 às 9:36 am #

    Um texto que merece ser divulgado, Bi!🙂

  2. pablo valverde 01/11/2010 às 9:55 am #

    Bianca,
    As informacoes nesse blog são muito relevantes e importantes para as pessoas q não entendem as reações dos animais.

    • Fran 01/11/2010 às 11:04 am #

      tb gostei do texto, mto bom

  3. Ana 10/11/2010 às 10:35 am #

    Oi…

    Viemos visitar vcs…. andamos sumidas… mas é que a mamãe anda muito arteira… por causa lá do blog dela… rsrs
    Adoramos o texto… a aranha é ótima! Ah, e eu destesto também quando socanham a mão na minha cabeça… gosto de carinho de leve….não é ruim quando apertam as suas bochechas… então, é quase igual!!!
    Beijinho
    Scu e mamãe

    • Bianca 10/11/2010 às 11:27 am #

      Oi meninas! Obrigada pela visita;)
      beijos!

  4. Kamylla... 10/11/2010 às 2:44 pm #

    Não conhecia seu blog,mas vi um post no Mãe de cachorro e resolvi entrar…adorei…eu sou fanática por cães,sempre que vejo um na rua ou no quintal eu vou logo dizendo:Oi amiguinho!,não sei se eles gostam ou se levo sorte,mas sempre abanam o rabinho…kkkk…mas sempre que vejo um cachorro eu deixo ele vir me cheirar,se acostumar comigo pra depois brincar com ele…já ouvi dizer que você tem que dar a parte de cima da mão pra ele cheirar,se ele gostar do cheiro vai confiar em você,se não bau bau,isso é verdade?bjkixxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

  5. Juliana 23/11/2010 às 1:36 pm #

    Adorei o texto e vou “praticá-lo”. Obrigada!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: