A importância da socialização

13 dez

Melzinha descobrindo novos cheiros

 

Quando trouxe a Mel para a minha vida, eu não fazia muita idéia do que socializar um cão significava. Eu sabia que quanto mais pessoas e lugares diferentes ela conhecesse quanto filhote, melhor. Mas, como ela teve problemas de saúde e era muito pequena, eu fiquei com medo de levá-la para fora de casa. Optei por simplesmente não levar, até que ela ficasse bem, saudável e com todas as vacinas. Isso levou tempo, no caso dela, ela só saiu de casa com uns 6 meses. Se tem algo que eu gostaria de voltar atrás e fazer de outra forma,era isso. Se para você ainda dá tempo, comece já.

Mas o que é exatamente socializar um cão?

 É basicamente, apresentar seu filhote a todos os tipos de seres vivos, barulhos, odores, visões e experiências do mundo. Em termos gerais, representa tanto o ato de se acostumar com os seres do mundo, como se habituar a coisas inanimadas.

E porquê eu devo fazer isso?

A socialização é provavelmente o fator mais importante para o bem estar do seu cão no futuro, e na formação de um adulto equilibrado e amigável. Os filhotes que não passam por essas experiências crescem assustados, desconfiados e com mais tendência a se tornarem agressivos. Já os filhotes que passam por um período de socialização crescem bem ajustados e mais amigáveis.

E quando eu devo começar a socializar meu filhote?

O primeiro ano de vida é crucial, pois os cães se desenvolvem muito rápido e entre um ano e um ano e meio eles já amadureceram. Quando o filhote é muito novo, recebe as novas experiências sem medo. Conforme cresce, vai ficando com mais medo de novas situações, e quando completa 16 semanas o medo começa a superar o desejo de aproximação, e tudo se torna mais difícil.

Não socializei meu cão quando filhote, e agora?

Apesar de ser importantíssimo no primeiro ano de vida, socializar um cão é um processo contínuo até a maturidade. O processo se torna mais difícil conforme o animal cresce – você terá que dispender mais tempo e paciência em um animal adulto-  mas é um esforço que vale à pena.

No próximo post, dicas para socializar seu cão.

até lá!

4 Respostas to “A importância da socialização”

  1. dani 13/12/2010 às 10:18 pm #

    Adorei as dicas. Nunca tinha pensado na necessidade da socialização… Beijinhosssssssss

  2. Cassia 14/12/2010 às 7:07 pm #

    Oi, Bianca! Muito bom você trazer a tona este assunto, pois a maioria das pessoas desconhece a importância de uma boa socialização para o filhote. Como você, eu também gostaria de voltar no tempo e proporcionar uma melhor socialização para a Winie. Consegui progredir nisto com ela depois de adulta, mas é muito mais difícil e demorado… Já li certa vez que, em estudo feito na Europa, constatou-se que mais cães são eutanasiados por problemas de comportamento originados pela má socialização quando filhotes, do que por problemas de saúde. Uma informação a mais: o período de socialização mais importante vai do 50o ao 85o dia de vida do cãozinho, quando o cérebro dele está neurologicamente completo (fonte: livro “Adestramento Inteligente”, Alexandre Rossi). Beijos e parabéns pelo post!

  3. JP 17/05/2012 às 12:07 pm #

    Olá a todos,
    Descobri este blog por acaso e achei bem interessante.
    É o seguinte: comprei um York há dias e ele está com 9 semanas de idade. Ele é muito brincalhão🙂
    Gostaria de obter dicas para o ensinar a fazer as necessidades sempre no mesmo local (comprei uns tapetes higiénicos para o efeito) enquanto não puder sair para a rua.
    No 1º dia ele até fez cocô no tapete e eu fiquei maravilhado pensando que não ía ter muito trabalho ensinando ele mas da 2ª vez ele já fez noutro local:/
    Em relação a alimentação, eu tou lhe dando a dose diária conforme indicado na embalagem Royal Canin e ele vai comendo aos poucos durante o dia, por isso é difícil perceber quando ele vai se aliviar.
    Outra questão tem a ver com o dormir. Quando me vou deitar deixo ele na sua caminha, na cozinha. Mas ele acorda durante a noite e começa a chorar e a uivar…Quando isso acontecer devo ir vê-lo ou devo deixar ele se cansar e calar?
    Obrigado!

  4. Vitoria Almeida 01/06/2012 às 7:54 pm #

    Tô lendo o blog e adorando, mas quando li esse post, fiquei com um pouco de medo…
    Tenho um filhote de york macho com dois meses, ele até agora só tomou uma vacina, e a próxima ele irá tomar com 30 dias após a ultima, a veterinária me recomendou não passear ou sair de casa com ele, pq ele ainda não completou o ciclo de vacinas,o que devo fazer para socializar com ele sem riscos a saúde? Bj

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: